Qorikancha

O Templo do Sol

localização:

Localizada na praça de Santo Domingo atual recinto do templo e Convento de Santo Domingo, construída sobre as ruínas do Qoricancha, se estende até Av. El Sol 8.


descrição:

Segundo a concepção Incaica Koricancha era o centro religioso de Cusco, centro geográfico, religioso e político. O templo Koricancha, onde rendia homenagem ao maior deus Inca o "Inti" (o sol). "Qori" significa ouro trabalhado e sua forma em espanhol é cori. "Kancha" significa um espaço fechado, delimitado por paredes. Por isso, é que o nome corresponde, aproximadamente, a "lugar fechado que ouro".

header


atrativos:

A descrição feita por Garcilaso, tem muito a ver com o que temos agora. Embora este seja apenas um pálido reflexo do que realmente foi o Qoricancha nos tempos Inca.

O Templo do Sol

Foi o templo principal de todo Qoricancha, ocupava mais da metade da largura da atual Igreja de Santo Domingo. Garcilaso conta que neste templo estavam os corpos embalsamados dos filhos do Sol, colocados por antiguidade em cadeiras e mesas de ouro, as paredes foram cobertas com placas de ouro, há um disco que representa a figura do sol em uma placa dourada mais espessa que as outras placas que cobriam o templo. No extremo oeste corresponde ao tambor com vista atual para Avenida Sol, sua extremidade oriental chegou até o atual átrio da igreja.

O Templo da Lua

Este templo estava mais perto do Templo do Sol, já que se considerava que a Lua era esposa do Sol. Este edifício estava revestido com placas de prata, com a representação existente da lua feito em prata. Dentro se guardava as múmias das Coyas que foram mantidos em ordem de antiguidade. Aproximadamente a metade do templo foi demolida pelos espanhóis para construir a nave da igreja de Santo Domingo. Ocupa parte do lado oeste do pátio interior do Koricancha.

O Templo de Vênus e as Estrelas.

Encontra-se perto do Templo da Lua, mas separados por um bonito beco, dedicado a Vênus e as sete cabras e a todas as outras estrelas. A Venus, os Incas a chamavam de "Chasca", que significa estrela. Neste templo se situava o Inca, segundo referências dos historiadores, era para que lhes divinizassem ou testemunhassem festas ou sacrifícios realizado no pátio retangular. Ocupa parte do lado oeste do pátio do Koricancha.

Templo Illapa ou Chuki Illapa

Illapa ou Chuki Illapa significa o mesmo que; raios, relâmpagos e trovões. O templo mencionado está em frente ao templo de Vênus, tem três portas de batente simples, equidistante e ligeiramente trapezoidal, também tem uma janela em cada parede lateral.

Templo K'uychi ou arco-íris

Neste templo se rendia culto ao arco-íris, que segundo crenças antigas, procedia do sol, Têm uma característica arquitetônica idêntica ao Templo de Illapa. Uma parte do templo foi demolida pelos espanhóis para construir os edifícios do Convento dos Dominicos. Fica ao norte do Templo de Illapa e em frente ao Templo da Lua, lado leste do pátio interno do Koricancha.

IntiPampa

Quase todos os povos do mundo, em todas as épocas, na frente dos templos construíam praças espaçosas. Intipanpa ou Intipampa, o nome se traduz como planície do Sol, é onde permaneceram nobres provinciais, seus tribunais, pessoal de serviços, bailarinos, etc. Em dias de festas o inca e a nobreza se deslocavam para o Koricancha. Este lugar atualmente pertence à Praça de Santo Domingo, aparentemente, seus limites e extensão não mudaram muito. Encontra-se ao norte do que era o Koricancha.

O Jardim Solar

Se tornou um grande reservatório de oferenda de todas as nações submetidas e confederadas que traziam ao deus sol, as oferendas consistiam em representações da flora e da fauna tahuantinsuyana. Segundo alguns historiadores, estas oferendas feitas em ouro e prata, eram de tamanho natural, eram tantas que surpreendentemente lotavam os terraços em tais números que os espanhóis chamaram de O Jardim Solar. Na época colonial tornou-se um pomar dos frades dominicanos. Localizado na parte ocidental do Koricancha, ele pode ser visto, da Avenida do sol, em sua totalidade.

As fontes

Havia cinco fontes de água, as origens da água das fontes foram mantidas em segredo. As fontes tinha significado religioso e foram decoradas com metais preciosos. Foram localizados em todos os sentidos da Koricancha, agora podemos ver uma fonte octogonal no pátio do Koricancha.


horário:

Segunda a sábado: 08:30 às 17:30 – Domingo: 14:00 às 17:00 Horas.
Custo: S/.6.00 (não incluído no pacote turístico)






informações úteis

Um resumo das informações necessárias para o viajante: taxa de câmbio, horários, preços de referência e muito mais.

+

pacotes turísticos

Escolha rotas onde poderá apreciar paisagens deslumbrantes e relíquias culturais milenares.

+

acomodações em cusco

Encontre alojamento para a sua estadia em Cusco, desde estabeleciementos rurais a hotéis cinco estrelas.

+



Cuscoperu.com e-commerce SCRL

U.V. Mariscal Gamarra 5-H Pje. Retamas, Cusco

Teléfono/Fax: +51 84 263646

info@cuscoperu.com