Quem Somos
Mapa do Site
Contato
CuscoPeru agencia de viajes en cusco
Portada / Informações úteis / Fatos para o Viajante / Perguntas freqüentes sobre a Trilha Inca para Machu Picchu

Perguntas freqüentes sobre a Trilha Inca para Machu Picchu

O Caminho Inca para Machu Picchu é uma das melhores rotas de trekking no Peru. Sendo tão popular, muitas perguntas surgem; aqui responderemos as mais frequentes.
Camino Inca
O Caminho Inca percorre cerca de 43 km do Qhapaq Ñan, rota utilizada antigamente pelos incas.
Contenidos ocultar

SOBRE O CAMINHO

O que é o Caminho Inca?

O Caminho Inca para Machu Picchu é uma rota de trekking construída pelo Império Inca há mais de 500 anos e termina na famosa cidadela de Machu Picchu. Ao longo da rota, podem ser encontrados inúmeros restos arqueológicos incas, como torres, fontes de água, terraços, observatórios, templos, moradias e o próprio Caminho Inca, cujas estradas ou trilhas são construídas com pedra.

É considerada uma das melhores caminhadas ou trekkings curtos do mundo.

Quantos quilômetros tem o Caminho Inca?

A extensão total do Caminho Inca é de aproximadamente 43 quilômetros ou 26,12 milhas. Esta rota tem trechos em que é necessário subir longas escadarias e também descer por colinas íngremes, por isso a rota não é linear ou reta em quase nenhum ponto.

Quantas horas se caminha por dia?

A duração do trajeto no Caminho Inca depende da distância entre os pontos ou locais de acampamento designados pelo INC (Instituto Nacional de Cultura do Peru, órgão responsável pela manutenção desta rota) e o estado físico do viajante. Normalmente, caminha-se entre cinco a oito horas nos três primeiros dias e de duas a três horas no quarto dia.

Os carregadores carregam nossas bagagens durante todo o Caminho Inca?

Os carregadores transportam a bagagem compartilhada do grupo de trekking, ou seja, carregam as barracas, cobertores, alimentos, fogões, utensílios e outros itens que provavelmente serão usados durante o percurso por todos os participantes.

Cada viajante deve levar sua própria mochila com itens de uso pessoal, água, protetor solar, chapéus, bastões de caminhada, capas de chuva, etc., até um máximo de cinco quilos. Isso será verificado no início do percurso (as mochilas serão pesadas para verificar que não excedam os cinco kg).

É perigoso fazer o Caminho Inca?

A maior parte da rota é feita sobre a via construída pelos Incas, que é uma calçada ou trilha de 1,5 a 15 metros de largura, portanto, não há grandes perigos se houver prudência; no entanto, não se deve sair da rota porque também existem abismos profundos que podem ser mortais.

Em geral, a rota não é perigosa, pois está corretamente sinalizada e com medidas de segurança, além de contar com guardas preparados para ajudar os viajantes.

Se você tem problemas cardíacos ou condições que necessitam de auxílio médico imediato, deve consultar seu médico, pois uma das características principais da rota é sua inacessibilidade.

Há banheiros no Caminho Inca?

Ao longo da rota, foram estabelecidos banheiros e muitos deles contam com instalações de água, embora a maioria seja do tipo 'silo', que basicamente é um buraco no chão sobre o qual foi instalada uma pequena cabine para banheiro.

Onde se dorme no Caminho Inca?

O INC (Instituto Nacional de Cultura do Peru) designou áreas específicas onde as agências e operadores turísticos, através de seus guias oficiais, montam seus acampamentos para pernoitar. O viajante só precisa se preocupar com seus pertences.

Preciso estar em forma para percorrer o Caminho Inca?

O Caminho Inca não requer habilidades especiais, ou seja, não é necessário saber escalar, fazer rapel e coisas do tipo, de modo que qualquer viajante com boas botas e um bom equipamento pode realizá-lo.

No entanto, durante o primeiro dia do percurso, caminha-se desde a altitude de 2.000 m até 4.000 m, por isso o desafio físico é considerado de moderado a intenso e requer uma condição física adequada. Ter um bom estado físico facilitará o percurso.

O Caminho do Inca inclui a visita a Machu Picchu?

Durante os quatro dias de caminhada por impressionantes cordilheiras, vales e planícies, o Caminho Inca conclui na cidadela Inca de Machu Picchu, o fechamento perfeito para uma experiência inesquecível.

Onde termina o Caminho do Inca?

O trecho final do Caminho Inca termina no sítio arqueológico 'Inti Punku' ou porta do sol em quéchua, que também faz parte do Parque Arqueológico de Machu Picchu. No quarto dia da travessia, você verá o nascer do sol pelo Intipunku, tornando essa experiência maravilhosa.

Qual o tamanho dos grupos no Caminho Inca?

O número máximo de turistas ou viajantes permitidos por grupo é de dezesseis pessoas, enquanto o tamanho mínimo de grupo permitido é de quatro pessoas.

Existem alternativas ao Caminho Inca?

Caso não haja bilhetes ou vagas disponíveis para realizar o Caminho Inca, podem-se escolher várias alternativas, entre as quais estão:

  • O tour do nevado Salkantay: Neste percurso, começa-se pelas encostas do impressionante nevado Salkantay, com mais de 6.000 metros de altitude, e continua-se através de vales e inúmeras quebradas até chegar ao fim de cinco dias à cidadela Inca de Machu Picchu.
  • O tour de Choquequirao: Este tour leva a conhecer a cidadela Inca de Choquequirao, descoberta há pouco mais de 10 anos, e que está localizada em uma zona geográfica adjacente a Machu Picchu. O tour tem duração de oito a nove dias.
  • Existe também a possibilidade de realizar a versão curta do Caminho Inca, que tem duração de dois dias.

É necessário ter seguro de viagem para fazer o Caminho Inca?

O INC não exige a contratação de um seguro para poder realizar o percurso, porém, seria uma opção muito importante se quiser reduzir riscos.

É possível fazer o Caminho Inca sem a companhia de um guia de turismo?

Desde o ano de 2001 não é possível fazer o Caminho Inca sem a companhia de um guia oficial de turismo.

É possível fazer o Caminho Inca sem uma agência de viagens?

É obrigatório fazer o Caminho Inca em companhia de um grupo de viajantes sob a supervisão de um guia oficial de turismo, que por sua vez, está vinculado a uma agência ou operador de turismo.

Posso fazer o Caminho Inca com crianças?

Não existem restrições quanto à idade mínima para realizar o Caminho Inca; se a criança está acostumada a caminhar longos trechos, pode realizar esta rota de trekking, no entanto, seria prudente comunicar e coordenar a entrada com a agência de turismo.

E se eu caminhar muito devagar e meu grupo me deixar para trás?

Recomenda-se que, geralmente, os caminhantes sigam seu próprio ritmo; frequentemente haverá grupos que completam o percurso antes de outros, bem como grupos que ultrapassam outros e depois são ultrapassados, então não há razão para se preocupar excessivamente.

Posso desistir de terminar o Caminho Inca e voltar atrás?

Os guias oficiais de turismo foram treinados para lidar com todos os tipos de situações, desde mal-estar devido à altitude, cansaço até quedas, golpes e torções. Eles farão tudo possível para que você possa concluir seu trajeto sem problemas, mas em caso necessário serão responsáveis por coordenar seu retorno.

Que água se bebe durante o Caminho Inca?

Recomenda-se levar pelo menos dois litros de água por dia. As agências ou operadores de turismo estão encarregados de fornecer aos viajantes este elemento essencial; no entanto, deve-se também levar pastilhas purificadoras de água, para poder abastecer as garrafas de água em algumas das múltiplas fontes presentes ao longo da rota.

Onde deixo minhas malas enquanto faço a Trilha Inca?

A maioria dos hotéis e albergues em Cusco dispõem de locais específicos para que os viajantes deixem sua bagagem enquanto estão em excursão.

Quantos quilos é permitido levar na Trilha Inca?

É possível levar até cinco quilos de bagagem e uma pequena mochila para carregar a câmera fotográfica e outros objetos de uso pessoal.

Posso subir a montanha Huayna Picchu ao finalizar a Trilha Inca?

Sim, você pode subir ao topo da montanha Huayna Picchu ao finalizar a Trilha Inca, mas é necessário considerar que os ingressos para esta montanha devem ser reservados com três ou quatro meses de antecedência.

SOBRE A COMIDA

Todas as refeições estão incluídas no tour pelo Caminho Inca?

Todas as refeições (café da manhã, almoço e jantar); bem como o transporte de panelas, ingredientes e demais itens necessários para a preparação, estão sob responsabilidade do operador ou agência de turismo.

É possível solicitar comida vegetariana durante o Caminho Inca?

Sim, é possível solicitar a inclusão de uma opção vegetariana durante o percurso. Esta deve ser solicitada no momento da reserva do tour.

Pode-se ter outra opção de comida em caso de alergias?

Sim, no caso de ter algum tipo de restrição alimentar, como alergias, ser intolerante à lactose ou ter alergias a certos alimentos, é possível adaptar o menu às suas preferências.

SOBRE A BAGAGEM A LEVAR NO CAMINHO INCA

Para iniciar sua viagem pelo Caminho Inca, estes são os itens essenciais que você deve considerar:

  1. Documentação: Não se esqueça do seu passaporte ou qualquer outro documento de identidade oficial, sempre são necessários.
  2. Reserva de dinheiro: É sempre conveniente levar um pouco de dinheiro extra para imprevistos.
  3. Apoio para a caminhada: Um bastão para ajudar na caminhada pode ser muito útil, lembre-se de que tenha ponta de borracha.
  4. Equipamento para descanso: Um saco de dormir será fundamental para as noites ao ar livre.
  5. Fonte de energia: Lembre-se de levar baterias adicionais para seu celular e sua câmera fotográfica.
  6. Proteção solar: Um chapéu e óculos de sol são indispensáveis, junto com um bom protetor solar.
  7. Gestão de resíduos: Sacos plásticos ajudarão a armazenar o lixo e manter o caminho limpo.
  8. Proteção contra insetos: Um repelente de mosquitos será necessário.
  9. Equipamento para chuva: Um poncho para chuva o manterá seco durante tempestades inesperadas.
  10. Iluminação: Não subestime a importância de uma boa lanterna para as noites.
  11. Registro de viagem: Uma câmera fotográfica capturará os momentos inesquecíveis da sua aventura.
  12. Vestimenta adequada: Leve roupas variadas, como camisetas, blusas, casacos impermeáveis, luvas, calças, meias, roupas íntimas, entre outros.
  13. Alimentos leves: Snacks e frutas fornecerão energia durante a caminhada.
  14. Hidratação: Água reidratante ou bebidas isotônicas podem ser muito úteis para manter seu nível de hidratação.
  15. Medicamentos: Se necessário, não esqueça de levar medicamentos essenciais para você.
  16. Higiene pessoal: Artigos de higiene pessoal são essenciais em sua lista.

QUE ROUPA VESTIR PARA O TREKKING CAMINHO INCA?

Você precisa estar preparado para este incrível trekking, é necessário ter a vestimenta adequada para as variações de temperatura ao longo do dia e da noite.

  1. Calças confortáveis: Opte por aquelas que sejam amplas e confortáveis para facilitar o movimento.
  2. Leggings: Podem ser úteis para manter o calor e como uma camada extra sob as calças em caso de frio.
  3. Camiseta de poliéster ou algodão: Estes materiais são respiráveis e manterão seu conforto durante a caminhada.
  4. Jaqueta resistente ao vento: Esta será sua primeira camada de proteção contra as intempéries.
  5. Jaqueta impermeável: Como segunda camada, ajudará a protegê-lo em caso de chuvas repentinas.
  6. Luvas: Protegerão do frio, especialmente durante as noites.
  7. Meias de algodão: Ajudarão a manter seus pés secos e confortáveis durante a caminhada.
  8. Chapéu ou gorro: Ideal para proteger tanto do sol quanto do frio.
  9. Tênis para trilha: Certifique-se de que sejam confortáveis e tenham boa aderência.
  10. Poncho de chuva: Pode ser uma alternativa leve e compacta para proteção contra a chuva.

SOBRE O PAGAMENTO E RESERVA

Com quanto tempo de antecedência devo reservar o Caminho Inca?

O Caminho Inca é uma das rotas de trekking mais famosas do mundo e os ingressos para entrar são esgotados com muitos meses de antecedência, além de que só existem 200 ingressos disponíveis por dia.

É recomendado fazer a reserva com o maior tempo de antecedência possível, normalmente este tempo deve ser maior que seis meses.

É necessário fazer um depósito para reservar o Caminho Inca?

Para efetivar a reserva do ingresso do Caminho Inca é necessário fazer o depósito de 40% do custo total.

Uma vez realizada a reserva, posso solicitar a devolução?

Os ingressos para o Caminho Inca são geridos pelo INC, portanto, não existe a possibilidade de retorno do dinheiro uma vez que o depósito tenha sido feito.

SOBRE O CLIMA E AS ESTAÇÕES

A Trilha Inca está aberta o ano todo?

Não, no mês de fevereiro a Trilha Inca está fechada devido a trabalhos de manutenção e prevenção, além de ser a época de chuvas.

Devo temer o mal da altitude na Trilha Inca?

Durante os primeiros dois dias do percurso atravessa-se planícies e sobe-se até cumes muito elevados, o que pode causar mal da altitude. É aconselhável levar comprimidos para contrariar seus efeitos.

Quais estações existem na Trilha Inca?

De abril a novembro é a estação de estiagem ou temporada seca, durante a qual não se registram precipitações importantes. De dezembro a março é a estação das chuvas, acompanhadas de deslizamentos, fechamento de vias e muitos outros imprevistos.

Qual é a melhor época para fazer a Trilha Inca?

A melhor época para fazer a Trilha Inca é de maio a agosto, já que neste período é temporada de estiagem, na qual não há chuvas e é mais fácil e menos perigoso fazer o trajeto.

Que roupa devo usar para fazer a Trilha Inca?

Deve-se levar roupa tanto para o frio quanto para o calor, pois como já mencionamos anteriormente o primeiro trecho da rota é feito em climas frios e em grandes altitudes, enquanto que no final do trajeto encontramo-nos em meio a uma selva subtropical quente, cheia de vegetação, umidade e muito calor.

Que equipamento preciso para fazer a Trilha Inca?

Deve-se levar um saco de dormir também chamado de sleeping, uma barraca, um impermeável, uma toalha, uma lanterna, um chapéu, papel higiênico, entre outros. A maior parte da logística da viagem está a cargo da agência ou operador de turismo.

Que sapatos devo usar para fazer a Trilha Inca?

Recomenda-se usar sapatos ou botas de caminhada usados, pois se o calçado escolhido for novo ou recentemente comprado, normalmente isso gera feridas ou calos no pé após um ou dois dias de caminhada.