Quem Somos
Mapa do Site
Contato
CuscoPeru agencia de viajes en cusco

Cidadela de Machu Picchu

Machu Picchu, maravilha do mundo
Machu Picchu, maravilha do mundo

O que é Machu Picchu?

A cidadela de Machu Picchu é, provavelmente, a construção arquitetônica mais importante do Império Inca, cercada por uma vasta floresta tropical, foi construída durante o governo do Inca Pachacútec.

O nome Machu Picchu vem do quechua, que significa "Montanha Velha" ("Machu" que é "Velha" e Picchu "Montanha").

Hoje, a zona arqueológica de Machu Picchu é o principal atrativo turístico do Peru, sendo uma visita obrigatória para todos que chegam ao país.

Onde está localizado?

A zona arqueológica de Machu Picchu está localizada na Cordilheira Oriental do Sul do Peru, a 2.430 metros de altura, na margem esquerda do Rio Vilcanota sobre o Vale Sagrado dos Incas.

O distrito de Machu Picchu, província de Urubamba, está localizado a 112,5 km a nordeste da cidade de Cusco.

História de Machu Picchu

A cidadela de Machu Picchu foi construída em meados do século XV, durante o governo do Inca Pachacútec (o principal expandor do império inca), servindo provavelmente como sua residência e centro religioso. Este importante recinto foi abandonado com a chegada da colonização espanhola.

Foi redescoberta por Hiram Bingham, historiador e professor da Universidade de Yale, em 1911. Em uma expedição na cidade de Cusco, acompanhado pelo camponês Melchor Arteaga, chegou à zona arqueológica, ficando impressionado pela construção de caminhos, terraços agrícolas, armazéns, entre outros, todos cobertos por uma densa vegetação típica do local que evidenciava a passagem do tempo.

A cidadela inca foi apresentada ao mundo em 1913, tornando-se um importante atrativo turístico. Ano após ano, a popularidade de Machu Picchu cresceu, sendo que em 9 de dezembro de 1983 foi declarado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. Em 07 de julho de 2007, tornou-se uma das 7 Novas Maravilhas do Mundo.

Machu Picchu, declarado como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1983
Machu Picchu, declarado como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1983

Flora e Fauna de Machu Picchu

O Santuário Histórico de Machu Picchu não é apenas de grande importância cultural, mas também possui uma grande biodiversidade, estando localizado entre a borda da selva e a Cordilheira dos Andes.

Flora

Dentro do Santuário Histórico de Machu Picchu existe uma ampla variedade de flora, sendo conhecidas mais de 400 espécies diferentes de plantas, incluindo orquídeas, bromélias, samambaias e trombetas-de-anjo, além de possuir árvores nativas como a q'euña, pisonay, cedro, entre outras.

Fauna

A fauna que habita Machu Picchu também é muito diversificada. Pode-se encontrar desde mamíferos como o Urso-de-óculos, o Veado-anão e o Raposa-andina, entre outros. Machu Picchu é um lugar que é lar de sua

No Santuário também se pode encontrar diversidade de aves, destacando-se o Gallito-de-las-Rocas (Rupicola peruvianis), ave nacional do Peru desde 1941. Machu Picchu conta com uma imensa biodiversidade, sendo considerado um dos melhores locais para a observação de aves (birdwatching). Entre as aves que habitam este local estão o Condor Andino (Vultur gryphus), o Gralha-verde (Cyanocorax yncas), o Pescador-canela (Pyrrhomyias cinnamomea) e mais.

Qual cidade está mais próxima de Machu Picchu?

Ollantaytambo é a cidade mais próxima de Machu Picchu, localizada no Vale Sagrado dos Incas. Ollantaytambo é uma passagem obrigatória para todos que desejam visitar o Sítio Arqueológico de Machu Picchu.

Além de Ollantaytambo, está a vila de Aguas Calientes ou Povoado Machu Picchu, que fica a apenas 25 minutos de ônibus da cidadela inca. Está localizada na parte inferior de Machu Picchu, à beira do rio Urubamba, com uma população não superior a 5000 habitantes.

Como é o clima em Machu Picchu?

O clima na Cidadela de Machu Picchu, assim como em Aguas Calientes, é quente porque estão na borda da selva do território peruano. Possui um clima tropical, o que o torna quente e úmido durante o dia e com um ambiente fresco à noite.

As lhamas fazem parte do atrativo de Machu Picchu
As lhamas fazem parte do atrativo de Machu Picchu

Dados de Machu Picchu 

Machu Picchu é à prova de terremotos

Machu Picchu foi construída entre 2 falhas geológicas, portanto é propensa a sofrer vários movimentos sísmicos, no entanto, a arquitetura com a qual foi projetada não permite sequer um leve movimento entre as pedras.

Então, podemos dizer que Machu Picchu é à prova de tremores ou terremotos, seus mais de 500 anos de existência são prova da resistência do local.

Engenharia hidráulica em Machu Picchu

Machu Picchu é, sem dúvida, uma grande obra de engenharia hidráulica, os incas tiveram que criar maneiras de transportar, armazenar, distribuir e evacuar a água da cidadela.

Construiu-se um canal de 749 m de comprimento com uma inclinação de 3%, tinha 16 fontes para distribuir a água em cada setor do local, e a inclinação permitiu que a água fluísse continuamente em cada estação do ano.

Estruturas icônicas de Machu Picchu

Templo do Sol

O Templo do Sol é o setor mais importante dentro da zona arqueológica, pois prestava homenagem à deidade mais relevante da cultura inca. Foi construído de forma circular, com janelas e nichos, tudo decorado com ouro e prata.

Este significativo espaço também teve a função de observatório astronômico para determinar a mudança de estação e a chegada de cada solstício, graças à posição estratégica das janelas.

Templo das Três Janelas

O Templo das Três Janelas é, provavelmente, um dos locais melhor trabalhados de toda a cidadela. Esta construção consiste em uma parede de 10 metros de comprimento por 8 metros de largura com 3 janelas trapezoidais que têm uma vista panorâmica das montanhas Huayna Picchu e Putucusi. Foi um espaço importante onde se realizavam cerimônias religiosas e de culto.

Intihuatana

O Intihuatana, que em quíchua significa “onde se amarra o Sol”, serviu como uma ferramenta de observação astronômica e calendário. Além disso, teve funções cerimoniais em certas atividades religiosas dentro da cidade.

Intihuatana, ferramenta para calcular a mudança das estações no império Inca.
Intihuatana, ferramenta para calcular a mudança das estações no império Inca.

Por que contratar uma agência de viagens para visitar a cidadela de Machu Picchu?

Contratar uma agência de viagens para explorar a majestosa cidadela de Machu Picchu é uma decisão inteligente por várias razões. Em primeiro lugar, as agências possuem amplo conhecimento do local e dos aspectos logísticos necessários para organizar uma viagem sem problemas.

Desde a reserva de bilhetes de trem até a coordenação de guias locais, elas cuidam de todos os detalhes para que os viajantes possam desfrutar plenamente de sua experiência.

Além disso, as agências de viagens geralmente oferecem pacotes que incluem transporte, acomodação e atividades adicionais, o que simplifica consideravelmente o planejamento da viagem e frequentemente resulta em economias financeiras.

Outra vantagem-chave é o acesso a informações privilegiadas e experiências exclusivas. As agências costumam fornecer acesso a guias especializados que oferecem informações detalhadas sobre a história e a cultura de Machu Picchu, enriquecendo assim a visita.

Escolher uma agência de viagens para desfrutar de sua visita a Machu Picchu é a melhor opção, e qual melhor escolha do que a CuscoPeru.com.