Quem Somos
Mapa do Site
Contato
CuscoPeru agencia de viajes en cusco
Portada / Informações úteis / Fatos para o Viajante / COMO EVITAR O MAL DA ALTITUDE EM CUSCO?

COMO EVITAR O MAL DA ALTITUDE EM CUSCO?

O mal da altitude é um problema que afeta algumas pessoas ao visitarem lugares de grande altitude, no entanto, é possível estar preparado para evitar essa condição. Aqui lhe contaremos como evitar o mal da altitude em Cusco.
O "soroche" ou mal da altitude não está relacionado com a condição física, mas sim com uma mudança brusca de altitude.

Quando visitamos lugares com grande altitude, como a cidade de Cusco, é provável que experimentemos o mal de altitude ou Mal Agudo de Montanha (MAM). É importante evitar o mal de altitude, mesmo antes de notar os primeiros sintomas ou de chegar à cidade de Cusco.

No Peru, é popularmente conhecido pelo nome de "Soroche" e é muito comum entre os viajantes que chegam a Cusco.

O QUE É O SOROCHE?

O mal agudo de montanha (MAM) ou soroche é causado pela menor pressão atmosférica em grandes altitudes. Isso resulta diretamente na diminuição da quantidade de oxigênio armazenada no sangue e, ao mesmo tempo, os órgãos do corpo recebem menos oxigênio do que o usual.
O corpo humano distribui o oxigênio por todo o corpo através do sangue. Esta função é alterada quando estamos em altitudes acima de 2.400 metros acima do nível do mar.

Quais são os sintomas do mal de altitude?

Um dos órgãos do corpo mais afetado pela deficiência de oxigênio é o cérebro. Entre os sintomas do soroche normalmente estão:

  • Dor de cabeça
  • Tonturas agudas
  • Dificuldade para respirar
  • Sensação de desorientação comparável a estar embriagado

Os sintomas mais graves podem incluir:

  • Dificuldade para respirar mesmo em repouso
  • Coloração azul ou roxa da pele
  • Opressão no peito

Em casos extremamente graves, que não são nada frequentes, pode-se chegar a sofrer de edema cerebral ou pulmonar e a morte.

É importante estar atento aos sintomas desde a sua chegada a Cusco, dessa maneira é provável evitar o mal de altitude.

Caminhante na altitude de Vinicunca, Cusco. Fonte: CuscoPeru.com
Antes de realizar qualquer atividade física, certifique-se de aclimatar-se.

COMO POSSO EVITAR O MAL DE ALTITUDE?

O corpo humano experimenta mudanças em seu funcionamento quando viaja para lugares acima de 2.400 metros acima do nível do mar.

O soroche não tem uma cura estabelecida. No entanto, o ser humano tem vivido em lugares elevados há milhares de anos, por isso os remédios são bem conhecidos e praticados.

Aqui estão algumas recomendações para evitar o mal de altitude em Cusco:

  • A primeira recomendação é reduzir o ritmo do corpo, ou seja, caminhar mais lentamente, subir os degraus um de cada vez. Evitar em todo momento sobrecarregar o corpo, já que ele está em estado de crise devido à falta de oxigênio.
  • O corpo humano normalmente se acostuma à altitude depois de 2 ou 3 dias. Isso varia dependendo de muitos fatores, como idade, condição física e tolerância à falta de oxigênio. Este processo gradual é conhecido como aclimatação, uma vez que o corpo se acostumou, é possível realizar atividades físicas com total normalidade.
  • A alimentação é um fator importante se é a primeira vez que viaja para grandes altitudes ou se é particularmente sensível. Uma dieta à base de frutas, vegetais, cereais, andinos ajuda o corpo a manter-se estável. Evitar alimentos muito condimentados ou com alto teor de gordura, pois a digestão em grandes altitudes é diferente.
  • Mantenha-se hidratado bebendo água (2 ou 3 litros por dia por pessoa) para superar com sucesso a etapa de aclimatação.
  • A folha de coca era considerada sagrada no Império Inca e isso não era apenas parte de suas crenças, mas se baseava nas extraordinárias qualidades naturais. Estudos realizados à folha de coca demonstram que ela possui mais de 15 alcaloides diferentes, muitos dos quais são reguladores naturais do organismo. Isso faz com que a folha de coca seja uma grande alternativa se você quer acalmar o corpo que sofre devido ao mal de altitude.
  • Existem umas pílulas chamadas 'Sorojchi Pills' que podem ser compradas em qualquer farmácia de Cusco sem receita médica. Elas ajudam a reduzir os sintomas mais incômodos (tonturas, fadiga, dor de cabeça).
  • Também existem tubos de oxigênio chamadosOxishot que podem ser comprados em hotéis ou em algumas farmácias. Estes tubos de oxigênio permitem respirar como se estivesse a uma altitude de 100 metros acima do nível do mar.

Lugares de maior altitude no departamento de Cusco:

  • Nevado Ausangate, localizado ao sul de Cusco. Altitude: 6.384 m.s.n.m.
  • Nevado Salkantay, localizado ao nordeste de Cusco. Altitude: 6.261 m.s.n.m.
  • Montanha de 7 cores: localizada ao sul de Cusco. Altitude: 5.200 m.s.n.m.
  • Caminho Inca, passagem de Warmihuañuska. Elevação máxima: 4.200 m.s.n.m.
  • Abra Malaga, localizado ao sudeste de Cusco. Elevação máxima: 4.297 m.s.n.m.
  • Abra Pirhuayani, localizado ao sudeste de Cusco. Elevação máxima: 4.725 m.s.n.m.
  • A cidade de Cusco tem uma elevação de 3.400 m.s.n.m.
Altitude em Machu Picchu, Cusco. Fonte: CuscoPeru.com
Machu Picchu está a 2.430 m.s.n.m., o que geralmente não gera problemas com a altitude.