Santurantikuy

Localização:

Como na antiguidade, se realiza na praça maior de Cusco, em cujas calçadas os artistas colocam suas mantas com seus produtos, continuando com os costumes das tradicionais feiras andinas.


Data:

O Santurantikuy se celebra todos os anos, o 24 de dezembro.


A vésperas do Natal, a Praça de Armas de Cusco se transforma para receber aos artesianos, escultores e imaginosos cusqueños que mostram suas melhores obras na peculiar feira de natal que todos os anos convocam e encantam a milhares de cusqueños y turistas. O Santurantikuy é muito mais que um lugar onde pode encontrar todo o necessário para os nascimentos, produtos artísticos de grão qualidade e originalidade, é o espírito cusquenho, tradição, cultura, arte e devoção.
Conhece conosco mais desta experiência magica que somente encontraras no umbigo do mundo, e não se perda os 6 segredos cusquenhos para desfruta-la ao máximo.

“Para mim o Natal é Santurantikuy, como para todos os cusqueños”
Jorge Flores Ochoa

Foto do manuelito criança - Santurantikuy

6 segredos de Cusquenho para aproveitar ao máximo O Santurantikuy:

  1. Calçados cómodos: A graça do Santurantikuy é percorrer todas as lojinhas que existem na praça, sem perder-te nenhum, isso significa que vai caminhar e muito; assim que use seus tênis favoritos e a desfrutar da manhã.

  2. Pronto para chuva: As chuvas se fazem mais frequentes quando se acerca o final de dezembro. É muito provável que em algum momento do dia chova, assim que leve um poncho ou jaqueta impermeável porque com chuva o sem ela, o Santurantikuy não para. Não e muito boa a ideia de levar guarda-chuvas porque lembre que haverá muitas pessoas, e você não quer lastimar nenhuma.

  3. Observar primeiro: O Santurantikuy vai deslumbrar você, tenha cuidado de emocionar-se e gastar todo seu pressuposto nas 3 primeiras lojinhas. O melhor é olhar e observar um pouco antes de começar a comprar, é possível que encontres o mesmo produto a um preço menor ou outro produto que te goste muito mais.

  4. Somente efetivo: Não, os artesianos não aceitam dólares. Assegure-se de levar Soles peruanos em efetivo porque o ultimo que se quer é encontrar algo que te encanta e ter que fazer uma fila longuíssima numa caixa automática, que está ao outro lado da praça para poder comprá-lo, possivelmente o tempo que leve ir e voltar, pode já não encontrar essa peça única.

  5. Pontos de Encontro: Se estas com amigos ou num grupo grande, é muito provável que se separem. Por um lado, será mais cômodo percorrer as lojinhas e observar o que querem se a gente vai em pares; ainda se não quiseram separar-se é muito provável que se extraviem entre a multidão. Definam um ponto de encontro a uma determinada hora, exemplo: “A Gente vai se3 encontrar em Bembos à 1:00 PM”. Assim não passarão a feira buscando preocupado a teus amigos e todos poderão observar e demorar-se o tempo que queiram em cada posto.

  6. Mochila em frente: Novamente, no Santurantikuy sempre há muita gente; tenha cuidado porque lamentavelmente há muitas pessoas ruins que aproveitam a confusão e o movimento para tirar as bilheteiras e telefones celular do bolso. Esteja sempre atento a tuas pertinências ou leve sua mochila em seu peito

Foto do artesanato Santurantikuy

Um pouco de história:

Comecemos com um pouco de sua incrível história, “Santurantikuy” é uma combinação de palavras castelhanas e quéchuas que se reduze como “Venta de santos”; igual que seu nome, o Santurantikuy é um processo complexo de sínteses de culturas, a andina e a europeia colonial.

Não se tem uma data clara do início desta celebração, se diz que se origino no século XVI, a resenha mais antiga com uma referência ao Santurantikuy foi em 1834 e não se chamava por este nome. Apesar deste certo mistério, o que sabemos a ciência certa é que o Santurantikuy é uma criação espanhola da época colonial, que foi imposta com o fim de evangelizar aos indígenas peruanos, pois como seu nome diz, desde antanho se vendiam imagens de Santos católicos nas escadas da catedral de Cusco.

Entre os santos que se ofereciam e se oferecem é o protagonista “Niño Manuelito” Ou menino Manoelzinho, o nome Manoel nasceu da variação de “Emanuel”, como bem é conhecido o menino Jesus de acordo a tradição católica, que no Perú passou a castelhanizar-se como Manuel.

Os cusquenhos da época adotarão como sujo o conceito do Menino Manoelzinho de tal maneira que o vestiram como Inca Rei, esta prática partiu dos jesuítas e desatou indignação na igreja católica. Hoje, o menino Manoelzinho continua sendo para os cusquenhos uma figura própria e querida, especialmente nas épocas Natalícias; em distintos tamanhos e desenhos. O modelo mais conhecido e valorado por sua fineza é o de Antonio Olave Palomino, quem 40 anos atrás desenho o primer Menino do Espinho. O artista cusqueño se inspirou numa tradição oral de Vilcabamba.

O menino Manoelzinho é sumamente importante para cusquenhos e cusquenhas; adorna sempre os tradicionais nascimentos e cada ano se acostuma comprar roupa nova para o menino. O lugar idôneo para encontrar o novo indumento do menino Manoelzinho é claro o Santurantikuy. Onde pode encontrar roupas de diferentes tamanhos e modelos muito variados, alguns tradicionais outros engraçados e inovadores.

Os produtos Tradicionais da Feira:

Já conheces algo da extensa e complexa história do Santurantikuy e acerca de seu principal protagonista, agora passamos a contar-te sobre as maravilhosas obras que você verá na feira de Santurantikuy. Há tanta variedade e tantos produtos únicos que desejaras ter uma mala mais grande para levar todo.

Comecemos pelo tradicional: no Santurantikuy se exibe todo o necessário para preparar o nascimento Natal, e não falamos somente de belos presépios com as figuras de São José, A Virgem Maria e o menino Jesus; no Cusco se prepara o presépio de natal que inclui cidades inteiras que podem ocupar uma habitação completa.

Foto do Nascimento em Cusco - Santurantikuy

Poderás observar e comprar figuras de todo tipo de animais, até os mais impensados e feitos com distintos materiais, desenhos, estilos; miniaturas de pontes, casas e poços de agua de finos acabados. Pequenas esculturas preciosas que vale a pena admirar ainda que não tenha em mente armar um nascimento, podes levá-los para adornar tua casa ou talvez dar uma surpresa a um amigo com uma miniatura de seu animal favorito trazida desde o Cusco

Num Nascimento digno do concurso que organiza todos os anos a EMUFEC (Empresa Municipal de Festejos do Cusco), todo tem importância, não só os personagens que o adornam senão também o espaço no qual se encontram. Para Agregar aqueles detalhes, desde as províncias e povoados alto andinos de Cusco chegam as chamadas “hierberas” ou vendedoras de ervas e plantas, para apresentar diversas ervas trazidas desde cada uma de suas zonas.

São famílias inteiras, quéchua falantes e muito humildes que chegam à cidade por poucos dias a oferecer suas ervas a preços sumamente baixos. A grão maioria não conta com um lugar para passar a noite e ficam com suas crianças nos portais da praça de armas, que oferecem muito pouco resguardo do frio e a chuva. São várias as iniciativas para brindar-lhes apoio nestes dias prévios a Natal que para eles significa sacrifício e trabalhar durante todo o dia, muitas organizações e instituições lhes oferecem chocolate quente, biscoito de natal e presentes para as crianças. Está também o coletivo de Voluntários Caravana – Cusco, aos quem poderás reconhecer por seus coloridos trajes de clown; estos jovens Cusquenhos oferecem seu tempo e carinho aos meninos que chegam à cidade durante toda a manhã jogam, cantam e também eles oferecem shows de mimo, teatro conta contos. Não passes por alto a estas famílias, oferecem suas ervas pelo ingreso de Santa Catalina à praça.

Foto de venda de ervas para nascimentos - Santurantikuy

Santurantikuy, sempre renovando:

Quando vote tem saciada as ânsias de cultura e tradição, podes ver outra cara da feira igual de incrível e única. No Santurantikuy poderás comprar roupa única, todo tipo de prendas muito originais, como polos e blusas com desenhos de inspiração andina, amazônica ou simplesmente artística, curiosos chulos tricotados a mão que estão fora do comum, com orelhas de lhama, de gatos e de outros seres mágicos não identificados. E falando de seres mágicos, não pode esquecer de passar pelos títeres e bonecos de divertidos duendes e fadas, lâmpadas que são tendas de circo em miniatura, as pinturas de reconhecidos artistas da escola cusquenha (se tem sorte poderás levar-te alguma obra de Mendivil ou Olave) ou novinhos de traços nascentes.

Se o que busca es decoração delicada e doce, o que é seu é os arreglos de flores secas... ou os acessórios como bicos ou ganchos adornados com flores trabalhadas em couro, as coloridas velas também chamarão tua atenção.

Foto Outros produtos vendidos em Santurantikuy

Falemos de materiais, o Santurantikuy te oferece todo tipo de trabalhos em couro, desde cinturões até mochilas, prataria digna da nobreza inca, altos releves que vão tirar o folego (e seu dinheirinho que não pensava gastar) y trabalhos em madeira tão bem elaborados que vai te surpreender buscando a forma de levar um móvel com você no avião. E se tem crianças ou quer preencher sua casa de alegria, pergunte pelos coloridos caminhões miniatura de madeira que podem ser o brinquedo favorito ou o adorno invejado, ¿ou um estante criativo? Para colocar suas aquisições depende de você, o Santurantikuy se encarrega de oferecer-te peças sonhadas sumamente diversas, para todos os gostos e a um preço de feira.

Agora que tem uma ideia de todo o que o Santurantikuy tem por oferecer, você que vai perder? Sabemos que é o último que você quer, e nos alegra te dizer que a partir do ano 2015, a feira se estende do tradicional 24 de dezembro, aos dias 23 e 24. Dois dias para explorar todo ou para lograr que uma viagem curta coincida

Já sabes o lindo que é esta feira, mas tem em mente que reúne a toda uma cidade e provoca muito movimento. Não deixe que isso te abrume, para fazer isso mais fácil não deixe de considerar os 6 conselhos que temos compartido neste artigo.






informações úteis

Um resumo das informações necessárias para o viajante: taxa de câmbio, horários, preços de referência e muito mais.

+

pacotes turísticos

Escolha rotas onde poderá apreciar paisagens deslumbrantes e relíquias culturais milenares.

+

acomodações em cusco

Encontre alojamento para a sua estadia em Cusco, desde estabeleciementos rurais a hotéis cinco estrelas.

+



© Copyright 2007 - 2018 CuscoPeru.Com
Business Address:Pasaje Retiro º 446 - Cusco, Cusco, PE |Tel:. +51 984709080 & +51 984680809 |Email: info@cuscoperu.com.
CUSCOPERU.COM E-COMMERCE S.C.R.L |RUC No. 20491103753 |Business hours are
CuscoPerú.Com Rated 4.6 / 4.6 based on 5 reviews. | Review Me