06 DE JANEIRO CUSCO CELEBRA A DESCIDA DOS REIS

A festa católica conhecida como a “Epifania do senhor ou adoração dos Reis Magos” ou “Visita dor Reis”. Esta festividade católica evoca aos três Reis Magos Melchor, Gaspar e Baltazar, que viajavam de oriente a Belém, guiados por uma estrela com o fim de honrar e outorgar oferendas ao futuro Rei dos judeus chamado Jesus.

Logo de passada a Natal e a celebração do Ano Novo, estas festividades finalizam com a tradicional Descida dor Reis, que atualmente se representa em várias praças, templos e localidades de Cusco como parte dum costume que ainda se mantem vigente. Nas principais praças dos distritos cusquenhos as famílias saem e comercializam as tradicionais vestimentas do menino Manoelzinho, em médio de simpáticas feiras cheias de cor e algaravia que se levam a cabo dias prévios e até o mesmo 06 de janeiro.

Por outro lado, os integrantes da Associação De Artistas, Artesianos E Produtores “Menino Doutorzinho da Merced”, da mesma maneira cada ano se organizam para levar a cabo está feira com o objetivo de comercializar prendas de distintos cores e tamanhos, sapatinhos, roupinhas, capas, entre outras para vestir ao “Menino Manoelzinho” como parte da lembrança dos últimos dias da comemoração da Natal.

Bajada_Reyes.jpg

Da mesma maneira os artesianos Cusquenhos e de províncias confeccionam prendas de vestir com características típicas de suas regiões, os que demostram sua criatividade para vestir a os Meninos Manoelzinho com trajes originais como bonés que se utilizam para as danças típicas, “ojotas” em lugar dos calçados, bonés natalícios, entre outros indumentos que são elaborados de forma manual. Durante a Baixada de Reis Magos muitas famílias Cusquenhas acostumam levar aos Meninos Manoelzinho aos templos para que sejam abençoados pelos sacerdotes depois de participar da celebração da eucaristia.

Por outro lado, podemos recordar e fazer referência à esta celebração nas comunidades campesinas, que como parte de seus costumes celebram esta festa religiosa com costumes muito típicas. Citamos ao distrito de São pedro na província de Canchis, que é um particular “Carreira de Reis Magos” na qual os novinhos participam deste concurso para demostrar sua força e agilidade.

Duma ou de outra maneira; o povo cusquenho celebra suas diversas festas religiosas e outros costumes dum modo particular arraigado a tradições que expressam neste caso sentimentos de fé muito profundos, que além vão acompanhados de muita algaravia com dança, música e cor, assim como os sabores e aromas que comidas típicas e deliciosas servidas nas mesas das famílias de especial modo nesta significativa e religiosa época do ano.